A dica para quem de direito

Maio 3, 2007 às 5:52 pm | Publicado em Amigos, Cinema, DVD's, Livros | Deixe um comentário

Perante a proximidade do dia fatídico que todos os anos se celebra (para leigos, o meu aniversário), resolvi deixar aqui uma subtil dica para quem de direito sobre coisas interessantes que vi durante uma voltinha pela FNAC.

Atenção, esta não é uma forma descarada de dizer “ah e tal gostava de receber isto”, até porque eu sou uma daquelas pessoas puras e justas que dão a resposta politicamente correcta: “não quero prendas, a tua presença basta”.

Portanto, indirectamente (ou directamente), cá vai.

Um livro que me parece uma espécie de Bíblia para quem se dedica aos escritos sobre cinema. Para adquirir novos conhecimentos e consultar perante dúvidas existenciais. Muito, muito promissor.

5faa6ee49b.jpg

Depois, há a clássica e agradável escolha do DVD. Nessa categoria há uns quantos pelos quais passei os olhos pensando para mim “olha, ainda não estão na minha estante”. Atentem.

prestige_poster.jpg

dvd_brick.jpg

Agora já não podem dizer que não sabem o que me oferecer. Um beijo grande para quem de direito.

À passagem pela loja da desgraça, tive de picar o ponto

Março 2, 2007 às 12:08 pm | Publicado em Cinema, Livros | 1 Comentário

Claro que fui ao Colombo para tratar de outras coisas mas, sendo porque é mais forte do que eu, lá tive de passar na FNAC.

Tentei conter-me na secção dos DVD’s, passei incólume pela música mas, ao chegar aos livros, tive de trazer qualquer coisinha. Escolhi este aqui em baixo.

156025612501lzzzzzzz.jpg

Na versão original porque fica um bocadito mais em conta e porque gosto de ler as coisas como elas foram feitas.

Vai desde os primeiros filmes até à revolução do CGI (computer generated image). Parece-me um híbrido entre enciclopédia e opinião. Uma coisa jeitosa para se ter à mão quando se quer esclarecer dúvidas. Por estas razões, cá está ele, na galeria de cinema.

Harrypotterices

Fevereiro 2, 2007 às 10:40 am | Publicado em Cinema, Livros, Notícias | 5 comentários

1170347763_extras_ladillos_1_0.jpg

Ponham-me ao canto da sala virada para a parede mas não consigo interessar-me pelo universo Harry Potter. Também nunca me esforcei muito, confesso. No entanto, compreendo o fenómeno à volta dos livros e dos filmes. Acho que é semelhante ao que acontece com a Guerra das Estrelas ou O Senhor dos Anéis. São universos muito bem construídos mas que, ou fazem o clique na secção cerebral do “gosto disto” ou então nada a fazer (de notar que destes dois últimos não só gosto como quase venero).

Quanto ao Harry Potter, aquilo não me convence. Acho que precisava de ser mais sangrento ou mais psicologicamente elaborado para não o sentir infantil. Volto a dizer que, quanto à construção de ambientes e personagens (dentro daqueles moldes), nada contra.

Bom, mas serve este post para vos lembrar várias coisas desse mundo. Primeiro, Harry Potter e a Ordem da Fénix chega às salas de cinema em meados de Julho. Depois, o último livro da saga da endinheirada J.K. Rowling, Harry Potter and the Deathly Hallows, vai ser lançado no mesmo mês.

Para terminar, a viragem de Daniel Radcliffe. Ele continua a parecer um miúdo quando caracterizado com o aprendiz de feiticeiro mas, fora do personagem, o actor fez a sua estreia no teatro com o drama Equus, de Peter Schaffer. Não é que seja algo de muito excepcional mas o menino perdeu a imagem de criança quando, na dita peça, se mostrou despido ao público. É o primeiro esforço do actor para largar a imagem de Harry Potter. Compreende-se. Se não o fizer, quando a saga acabar, não vai ser fácil seguir em frente na carreira.

Create a free website or blog at WordPress.com.
Entries e comentários feeds.