E o leão de ouro foi para…

Setembro 9, 2007 às 5:03 pm | Publicado em Cinema, Festivais, Notícias | 1 Comentário

ang_lee.jpg

…Ang Lee. Em 2005 com Brokeback Mountain e agora, de novo, com uma história de amor. Diz o El Pais que podia especular-se sobre se o prémio foi fruto da genuína qualidade de Lust, Caution. Olhemos para as suspeitas: O presidente do júri é o chinês Zhang Yimou e o director do festival, Marco Muller, é um assumido apaixonado por cinema asiático.

Diz o mesmo jornal que tais suspeitas deixam de fazer sentido depois de se ver o filme que mereceu o galardão. É que parece que é uma obra portentosa.

Quem ficou de fora da lista de prémios foi Paul Haggis e o seu In the valley of Elah (diz quem viu que é brilhante) passando a constituir uma das surpresas do certame.

Outra das ofertas inesperadas foi a atribuição do prémio de melhor actor a Brad Pitt pelo papel do bandido Jesse James. A palavra usada na referência a esta “surpresa” é “discutível”.

Brian de Palma venceu na categoria de melhor realizador com Redacted e Cate Blanchett foi a melhor actriz com o seu trabalho em I’m not there.

Para o ano há mais no Lido.

Anúncios

1 Comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. Estou de volta ao mundo bloguistico, acabaram as férias! 🙂


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d bloggers like this: