A respeito de Veneza

Agosto 29, 2007 às 9:02 pm | Publicado em Cinema, Festivais, Notícias | Deixe um comentário

Hoje impõem-se algumas notas sobre Itália. Foram estas que publiquei no sítio do costume.

Aos 75 anos, o festival de cinema de Veneza está amadurecido e mostra-se diversificado. 22 filmes de vários países vão a concurso pelo Leão de ouro e 35 mais fazem prova do que de melhor se fez no cinema no ano que corre. Pelo meio, entram em cena dois portugueses e homenageiam-se carreiras: uma a título póstumo (a de Michelangelo Antonioni), outra ainda aberta a muitas mais criações (a de Tim Burton). A novidade de que todos falam vem, no entanto, sob a forma de um novo prémio: O Queer Lion ou, na possível tradução portuguesa, o Leão homossexual.

As contas certas dão-lhe 75 anos de idade mas com alguns anos de atribuladas e históricas interrupções (como aconteceu durante a II Guerra Mundial), a Mostra internacional de cinema de Veneza vai na 64ª edição. Este ano, o número de estreias mundiais é maior do que nunca com todos os olhos virados para a exibição de fitas de realizadores como Ang Lee, Woddy Allen, Paul Haggis, Brian de Palma e Ken Loach não esquecendo que a concurso está o português João Canijo e o seu Mal nascida.

São os filmes britânicos e norte-americanos que comandam no cartaz mas a gosto do director, Marco Muller, foram também incluídos na selecção alguns filmes asiáticos. Debrucemo-nos na lista multicultural. Depois do oscarizado Brokeback Mountain, Ang Lee regressa com outra história de amor sofrida em Lust, Caution, um sério candidato ao prémio máximo do festival e quem sabe se a outras temporadas de cerimónias. Também o veterano Brian de Palma mostra o seu Redacted e o argumentista/realizador Paul Haggis regressa aos dramas intrusivos com the In the valley of Elah, a história de um pai que suporta o fardo de ver o filho partir para a guerra. Com estes dois últimos filmes, marca-se uma das linhas do festival: a da fotografia intensa da presença americana no Iraque.

Fora de concurso, Woody Allen promete chamar a atenção para o seu mais recente Cassandra’s Dream, história que conta com Ewan McGregor e Colin Farrell, numa equipa algo inesperada para o cinema do realizador. Também presente na selecção extra-concurso estará a actriz fétiche de Allen, Scarlett Johansson mas, desta feita, no filme de Robert Pulcini, The nanny diaries.

Quanto à presença portuguesa, ela é dupla. Há um ano, Manoel de Oliveira estreava Belle Toujours em Veneza. Um ano depois, aos 99 de idade, a produção não pára e o realizador mais velho do mundo continua a fazer questão de que Portugal esteja representado. Chama-se Cristovão Colombo – o Enigma, será exibido fora de concurso e, para além da direcção de Oliveira, conta com a sua participação e da sua mulher no elenco. Já João Canijo tem motivos para estar ansioso. A sua película Mal nascida, narrativa que viaja até às casas de alterne portuguesas, está sujeita à avaliação do júri. 

Todos os filmes a concurso aguardam impacientes pelo momento da entrega do prémio mais desejado mas este ano há uma novidade interessante na lista de galardões. Queer Lion (“Leão homossexual), é o nome da recompensa que será oferecida ao melhor filme que se debruce sobre temáticas ligadas à homossexualidade ou, condição mínima, que tenha personagens gay. Obrigatórias são também as homenagens a carreiras consagradas e, este ano, são várias as que tiveram direito a honras.

Tim Burton, que certamente ainda oferecerá à sétima arte muitas das suas fábulas fantásticas de cenários encantados, vai receber o leão de ouro pela sua carreira. Michelangelo Antonioni, cineasta da casa recentemente falecido, vai ser homenageado a título póstumo com a exibição de três dos seus filmes (Limpeza Urbana, Vertigine e Lo Sguardo Di Michelangelo).

E já que estamos na Itália, nada mais adequado do que recuperar o cinema western spaghetti numa mostra apadrinhada por Quentin Tarantino que conta com a exibição de O Cavalo de Ferro de John Ford e de Amanhecer Sangrento de Budd Boetticher, entre muitos outros.

O festival de cinema de Veneza decorre até dia 8 de Setembro e assegura no desfile pela passadeira vermelha nomes como Brad Pitt, George Clooney, Richard Gere, Cate Blanchett, Vanessa Redgrave, Scarlett Johansson, Charlize Theron e Susan Sarandon.

Anúncios

Deixe um Comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d bloggers like this: