X-Men separados para o bem das finanças

Abril 28, 2007 às 11:27 am | Publicado em Cinema, Notícias | 1 Comentário

xmen2.jpg

Os dois primeiros filmes da saga X-Men, realizados por Bryan Singer, traziam ao espectador uma convincente adaptação da BD e deixavam-no deliciado pelos humanos transformados nos mutantes que tão bem conhecia.

Quando Singer seguiu para outro super-herói, os pupilos do Professor Xavier ficaram condenados à morte num terceiro filme realizado por Brett Ratner que tentou trazer mais e mais poderosos mas apenas caiu no exagero que, lá para meio da fita, se tornou insuportável. Apenas a Fénix para fazer suportar aquilo (e toda eu sou fascínio pelos personagens X-Men).

Se todos juntos não resultam, nada melhor do que lhes tirar a alma e separá-los para, quanto a mim, fazer nada mais do que massas com essa individualização.

O primeiro a ganhar projecto foi, claro, um dos mais populares: Wolverine. Ainda sem realizador designado, a película vai chegar às salas com o habitual Hugh Jackman e com argumento de David Benioff (um dos responsáveis por 25th Hour). Neste deposito alguma esperança, aguardando, no entanto, a notícia sobre quem vai assumir o papel de realizador.

Outro dos heróis ou, neste caso, dos vilões, a sair do grupo para ter o protagonismo num filme só seu, vai ser Magneto. Sabe-se já que quem vai estar ao comando é David Goyer, realizador de Blade:Trinity e argumentista envolvido em Batman Begins, Blade e Dark City. O que me faz temer é o facto de a história reportar aos anos de juventude de Magneto o que, obrigatoriamente, faz com que Ian McKellen não seja o escolhido para regressar.

Sou fã do universo X-Men, da BD, dos desenhos animados e dos dois primeiros filmes. No terceiro, voltei-lhes as costas. Agora, olho com desconfiança para esta fragmentação que temo não ser mais do que uma manobra de marketing sem qualquer carinho para com os heróis mutantes. Se me surpreenderem, fico eternamente agradecida.

Anúncios

1 Comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. O Magneto é dos melhores vilões da Marvel e tem uma estória fabulosa, se eles não estragarem isso o filme deve valer muito a pena.
    E têm de começar com um magneto jovem pata contar desde o princípio tudo o que lhe aconteceu como a sua infãncia passada num campo de concentração, até lhe terem queimado uma filha viva e ter perdido a mulher também, é uma estória carregada de dor a deste vilão e por isso é que a personagem é tão intensa.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d bloggers like this: