Hal Hartley e a sua Fay Grim no Indie

Abril 25, 2007 às 8:12 pm | Publicado em Cinema, Estreias, Festivais | Deixe um comentário

1.jpg

Ontem foi noite de Indie. Desta vez, no São Jorge, por entre o calor insuportável (o senão do serão) e a pequena multidão que ali foi para ver Hal Hartley e a sequela de Henry Fool, 10 anos depois. Mais uma vez, o espírito Indie Lisboa fez-se sentir na sua forma mais contagiante.

Depois da breve apresentação do realizador, ali no palco, desarmado por todos os olhos atentos, veio Fay Grim. Como o próprio Hartley definiu na recepção, este é “um filme muito rápido, muito cómico e muito triste”. É isto mesmo.

Fay Grim ( numa intrigante e descarada, no bom sentido, Parker Posey) é uma mulher americana, aparentemente comum. Subitamente é confrontada por um agente da CIA (Jeff Goldblum) que a interroga sobre uma série de livros escritos pelo seu ex-marido, Henry Fool (Thomas Jay Ryan). Acontece que os cobiçados escritos transportam informação que pode pôr em causa a segurança dos EUA e, consequentemente, são alvo de busca por parte de meio mundo terrorista.

A fita mistura pedaços de géneros. Veste quase tudo de um tom cómico, quando menos esperamos investe no drama e tem por base um thriller que traz à memória os antigos filmes de espionagem.

O argumento é aguçado na crítica e no humor, atravessando momentos hilariantes que puseram todo o São Jorge em altas gargalhadas. Os twists são muito bem conseguidos, principalmente na passagem inesperada do humor para a tragédia.

Regressa também a peculiar realização de Hal Hartley que, confesso, me acaba por cansar pelo posicionamento da câmara, sempre em ângulo inclinado. A intenção é perceptível e acho que esta opção consegue transmitir uma mensagem para além da que convencionalmente, as imagens e o texto contêm mas esteticamente não me toca no botão do fascínio.

Fay Grim atinge uma velocidade estonteante conseguida pelos diálogos inspirados e alucinantes que, em última instância, também imprimem rapidez à acção. Duas horas muito bem dispostas que, contudo, acabam por tomar um rumo diferente… Para mais informações vão ter de o ver quando chegar ao circuito normal das salas de cinema.

Cá está o trailer da praxe.

Anúncios

Deixe um Comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d bloggers like this: