Um bom retrato de Quentin Tarantino

Abril 5, 2007 às 11:05 am | Publicado em Cinema, Pessoas | Deixe um comentário

tarantino.jpg

É impossível não se ter uma posição marcada sobre Tarantino. Ou se idolatra quase tudo e quase tudo na sua arte se torna alvo de admiração (o meu caso) ou se detesta profundamente e se nutre uma profunda repulsa por tudo aquilo em que ele toca. Não há meios termos como também não há dúvidas de que, goste-se ou não, ele revolucionou o cinema nos anos 90 e veio para ficar.

Barry Wurst, no First Showing.net, demonstra este mesmo ponto de vista de uma forma bastante clara e tentando pegar em alguns pormenores sobre Tarantino que muitos desconhecem. Vale a pena ler o texto sem grandes pretensões que proporciona um bom momento de crítica e de cultura Tarantinesca.

Entretanto, deixo-vos com uma das provas de que o realizador impulsionou uma nova forma de diálogo no cinema que muitos tentaram adoptar sem nunca conseguir igualar.

Anúncios

Deixe um Comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d bloggers like this: