O Labirinto do Fauno: o fantástico no seu melhor

Março 2, 2007 às 9:52 am | Publicado em Cinema, Estreias | 2 comentários

photo_02.jpg

Quando ainda no Domingo Guillermo Del Toro se passeava pela passadeira vermelha com os seus amigos mexicanos, nada me fazia antever a grandiosidade da última obra saída do seu génio.

Por toda a parte tinha lido que era um grande filme, que tinha uma magnífica fotografia, que era um filme fantástico fantástico (passo a redundância) mas, nada me preparava para o portento que é O Labirinto do Fauno.

Há ali dois mundos diferentes que são igualmente fascinantes. Por um lado, a Espanha, acabada de sair da guerra civil, ainda sob o poder de Franco e onde as mílicias tentam sobreviver e prevalecer. Por outro lado, o mundo de uma menina perdida no meio das ordens de um capitão fascista que se abriga no universo subterrâneo das fadas e do fauno.

A mudança entre os dois ambientes é perfeita, feita com uma delicadeza típica dos contos de fadas. Da penumbra para a luz verde da floresta sempre com um ponto de vista intimista.

As criaturas assustam mas, ao mesmo, tempo fazem-nos criar uma empatia inesperada com elas. A menina é prodigiosa e trama-nos porque, quando menos esperamos, sentimos uma ligeira tremidela no queixo (estes malandros tiraram-me a racionalidade). O fauno é genial, com o seu tom moralista e rigoroso que luta interiormente com o seu lado de figura paternal.

Há dois enredos igualmente dignos de serem seguidos. Tornam-se num único porque não vivem um sem o outro. São as duas partes da história que fazem d’ O Labirinto de Fauno um filme de fantasia do tipo de que eu gosto. Daquele, onde, às tantas esquecemos que aquilo não é verdade e queremos, nós também, conversar com o Fauno.

Esperem uma Inês embevecida no próximo Acabo de Ver.

Anúncios

2 comentários »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. Já tava decidido que iria ver o filme hoje. Logo de manhã vi o teu post e registei na mente…mais alguém que diz que é fantástico. Algumas horas mais tarde já o vi e posso concordar em absoluto! Fantástico. E agora até compreendo melhor o teu…”Esperem uma Inês embevecida no próximo Acabo de Ver.”, pois a minha cara metade saiu da sala com esse ar… =)

  2. Vi hoje,vi hoje!Muito bom, é por isto que o cinema vale a pena!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d bloggers like this: