A Sede do Mal de Orson Welles. Em 1958 faziam-se planos destes.

Janeiro 25, 2007 às 6:40 pm | Publicado em Cinema, Clássicos | Deixe um comentário

Mais um clássico para a lista do Elite Criativa. Durante a faculdade, um ilustre professor deu-me a conhecer esta cena de Touch of Evil (A Sede do Mal) de Orson Welles. É genial a forma como, em meados dos anos 50, há cenas desta qualidade. Deixo-vos o plano de abertura do filme (e mais um bocadito). Não sei se é o maior da história do cinema mas se não é está lá perto. Reparem como nunca há cortes (é sempre um plano contínuo) mesmo quando é preciso passar por cima de telhados e voltar ao nível do chão. Brilhante!

Deixo o link porque o vídeo não me permite que o transporte para aqui.

Anúncios

Deixe um Comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d bloggers like this: