Os cartazes que por aí andam

Janeiro 9, 2007 às 11:47 pm | Publicado em Blog | 1 Comentário

Em peregrinação por Lisboa em busca dos cartazes de campanha para o referendo de dia 11 de Fevereiro. Para trabalho, é claro.

Primeira nota. Há muito pouquinhos por aí espalhados. Na viagem, um no Campo grande, outro em Entrecampos, pára um no Saldanha e dois ou três na Baixa.

As frases são quase todas de uma argumentação bastante baixa (sendo que as do não esgotam mais exaustivamente a hipocrisia). Dois exemplos: “Aborto por opção sabendo que já bate um coração?” (ora vamos lá apelar ao fundo dos fundos do ser humano para ver se resulta) e “Contribuir com os impostos para financiar clínicas de aborto, não obrigada”. Não entendo porque que é que os impostos são trazidos para aqui nem percebo porque é que as questões políticas são para aqui chamadas.

Esta é, quanto a mim, uma questão de consciência, pessoal e intrasmissível.

Anúncios

1 Comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. E o Aborto Musical? Um embrião musical só é considerado música a partir de quantos compassos? e os contraceptivos musicais e as doenças musicalmente trasmissiveis?


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d bloggers like this: